quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Das histórias

Uma época, um dia escolhido - eles precisavam se conhecer. No meio de uma multidão, não de nomes e sim de situações, deveriam se encontrar. E não é porque o destino é lindo e essas coisas são assim mesmo. Tava escuro pra ela. E tava escuro pra ele também. Não foi bússola mágica nenhuma, se achar ali, ou em qualquer outra situação depois dali... foi necessidade. Sem ele, ela tinha virado cinzas, tudo aquilo que prometeu não ser. Sem ela, ele não seria feliz como hoje é. Se encontraram porque precisavam se encontrar. Fizeram um do outro felizes porque podiam fazê-lo. Amor. O ditado adora se repetir por aí, cair com força sobre a cabeça dos dois: nada é para sempre. Ah, sinto muito, mas tem coisas que simplesmente são.


Nenhum comentário:

Postar um comentário