segunda-feira, 26 de maio de 2014

Faz todo o sentido

Foram tantos anos em que só se falou em pesadelos. E foi muito tempo no qual só se soube ser assim.

Faz poucos minutos que só dá seu sorriso nas minhas ideias. Porque faz um ano e um mês que minhas ideias só pensam em sorrir.

Faz uma eternidade que eu vivi outra vida. Mas só faz só um segundo que eu suspirei porque vou te ver.

Faz sentido se entregar por inteiro. É isso, ou não é nada. E não porque o que sobra é "nada". Todo mundo e o mundo todo é mais nosso do que um dia já foi seu, ou já foi meu. Por isso o sentido.

Deixa o meu filho ser seu. E o seu nome ser meu. Mas deixa de lado as teimosias e indiscrições. E deixa quieto se você não quiser... Ou deixa comigo o que você mais confia! Deixa sim. Vou cuidar para sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário